Como se deslocar na capital inglesa usando transporte público


Londres tem uma das maiores redes de transporte urbano do mundo, integrando sistemas rodoviário, ferroviário e fluvial pelos 32 distritos da cidade.

O transporte público em Londres inclui: os icônicos ônibus vermelhos, o metrô (chamado de The tube), DLR – Docklands Light Railway (trem “leve”), o Overground (metrô de superfície), London Trams (bondes),  o Emirates Air Line Cable Car (teleférico que cruza o rio Tâmisa em Greenwich) e o River Bus Service (barcos que fazem o transporte no rio Tâmisa). Com tantas opções, você obviamente conseguirá chegar em qualquer lugar da cidade usando este sistema!

Para pagar os serviços de transporte em Londres você nunca  usa dinheiro em espécie. Você deve pagar as viagens usando um Oyster Card (normal e ou de visitante) ou passagens avulsas (cartão de papel que pode ser para uma viagem – single – ou um cartão para o dia todo) ou ainda cartão de crédito e débito  contactless. Sim, aqui em Londres eles são bem comuns e quase todo mundo tem um.

Esses cartões que permitem transações  “sem contato”  podem ser usados para pagamento do transporte em Londres. No entanto, cartões emitidos no Brasil podem não ser aceitos para este tipo de pagamento ou o emissor do cartão pode cobrar uma taxa por cada transação (verifique com seu banco antes de viajar). 

Cartão Oyster

Nesse post vou explicar como você pode andar de ônibus ou metrô em Londres, pois com certeza você vai utilizar ao menos um desses  serviços na sua passagem pela terra da Rainha!

Não tenha medo, é fácil e seguro andar no transporte público em Londres.

Antes de qualquer coisa você precisa ser apresentado ao cartão Oyster.

Ele é um cartão inteligente no qual você adiciona dinheiro, assim você pode pagar à medida que viaja (pay-as-you-go) ou ainda colocar valores específicos para uma semana ou um mês (travelcard).

Como usar:

Toque o seu cartão Oyster (como na foto), no início da sua viagem e no final, nos leitores de cartão amarelo para pagar a tarifa exata.

Onde Comprar

Você pode comprar passagens avulsas e cartões Oyster on-line, nas estações e em pequenos mercadinhos por  toda Londres. Todas as estações possuem máquinas onde você pode comprar o Oyster e também colocar crédito para as suas viagens. Em algumas estações você encontra atendimento, mas esses serviços estão cada vez mais raros.

Você paga £5 libras para comprar o cartão oyster, que na verdade funciona como um depósito, pois no final da sua estadia você pode receber esse valor de volta.

O Cartão Oyster é de uso individual, você não pode dividir com outra pessoa. Ou seja, se você está viajando com outras pessoas  cada um deve ter o seu Oyster.

É importante também entender que tudo funciona por zonas de transporte que vão da zona 1 até a zona 6. A zona 1 é a zona central se afastando do centro até a zona 6. Os principais pontos turísticos estão nas zonas 1 e 2.

Usando o ônibus em Londres

Os icônicos ônibus de dois andares de Londres são uma maneira rápida (para distâncias curtas), conveniente e barata de viajar pela cidade, com muitas oportunidades de passeios pelo caminho.

A rede de rotas de ônibus de Londres cobre toda a cidade, com um serviço 24 horas.

Os ônibus noturnos rodam a noite toda entre o fechamento do metrô e o início dos serviços de ônibus diurnos (que é da 00h às 5h da manhã).

Custo: a tarifa de ônibus de Londres custa £1,50 se você fizer uma viagem apenas, porém você pode fazer uma segunda viagem de ônibus  gratuitamente dentro de uma hora, após validar sua primeira viagem, utilizando o mesmo cartão. O máximo cobrado por dia, utilizando o mesmo cartão, será £ 4,50.

Para pagar a tarifa do seu ônibus, basta tocar o seu cartão Oyster no leitor de cartão amarelo quando você embarcar no ônibus, ou mostrar ao motorista o seu Travelcard.


Usando o metrô em Londres

A rede ferroviária subterrânea de Londres, conhecida como “the Tube”, é uma ótima maneira de se locomover por Londres e é parte integrante da vida do londrino, assim como da maioria das pessoas que passeiam pela capital do Reino Unido.

As principais atrações turísticas estão na zona 1 e 2, e sempre tem uma estação perto do lugar que você quer ir.

O metrô é dividido em nove zonas: o centro de Londres é na zona 1. Dentre as nove zonas, existem 11 linhas de metrô. O mapa do metrô com seus acessos pode ser facilmente encontrado nas estações.

Os serviços de metrô geralmente são executados das 05h da manhã até a meia-noite, porém algumas linhas funcionam nas noites de sexta e sábado, é preciso conferir diretamente nas estações.

Dica: a tarifa do metrô depende de quanto você viaja, hora do dia e como você paga.

Custo: uma tarifa em dinheiro para adultos, no metrô de Londres, para uma única viagem na zona 1 é de £4,90. A mesma tarifa de metrô com cartão Oyster é de £2,40.

Viajando nas zonas 1 e 2 você tem um teto diária de gastos equivalente a £7. Isso quer dizer que depois da terceira viagem você não paga mais.
Viajando nas zonas 1, 2 e 3 o teto diário e de £8,20.  Se incluir as outras zonas esse teto diário vai aumentando até chegar ao máximo de £12,80 se incluir zona 1, 2, 3, 4, 5 e 6.

Gostou das dicas? Então, pegue seu Oyster Card na estação mais próxima do seu hotel e comece já sua viagem!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.